Modelos de integração


As regras tributárias geradas e monitoradas pela Systax podem ser aproveitadas pelos clientes de diferentes formas. Destacamos abaixo as principais formas de uso do Systax LIGHT. Para conhecer mais detalhes ou outras formas, acesse o PDF "Modelos de Integrações".

# Forma Indicação Vantagens Desvantagens
1 Integração já disponível em seu ERP Ver lista de ERPs já integrados Integrações desenvolvidas pelos próprios desenvolvedores dos ERPs, ou por consultorias especializadas __
2 Cockpit WEB na nuvem Apenas usuários que não pretendem integrar Interface bastante amigável para receber e consultar os dados. Baixo custo e rápida implementação, sem esforço do cliente Dificuldade para transportar os dados até o ERP do usuário
3 Cockpit WEB instalado na empresa Para implementar uma integração rapidamente Facilmente podem ser implementadas rotinas de integração com consultas diretamente ao banco de dados local (do cockpit) A empresa deverá prover um servidor e terá de gerir esse ambiente (fazer backup, p.ex.)
4 Aplicativo gerando arquivos no formato excel ou csv Apenas usuários que não pretendem integrar Disponibilidade imediata e não exigirá nenhum esforço de TI do lado do cliente O cliente receberá os dados, mas ainda precisará buscar uma forma para alimentá-los em seu ERP.
5 Integração via webservices Usuários de ERPs ainda não integrados Maior controle para decidir detalhes da integração Exigirá maior esforço de desenvolvimento do lado do cliente. O lado da Systax já está pronto.

Como obter mais informações

# Forma Como obter mais informações
1 Integração já disponível em seu ERP Contate diretamente seu fornecedor de ERP, ou, no caso de Protheus, SAP B1, SAP ECC, Datasul e RMS, peça mais informações ao comercial da Systax.
2 Cockpit WEB na nuvem A adoção desse ambiente implica em um pequeno custo mensal. Contate nossa área comercial: light@systax.com.br ou tel. (11) 3177-7707
3 Cockpit WEB instalado na empresa

A adoção desse ambiente implica em um pequeno custo mensal. Contate nossa área comercial: light@systax.com.br ou tel. (11) 3177-7707

A Systax precisará que o cliente libere acesso remoto a um servidor Microsoft Windows, para que sejam configurados o ambiente da aplicação e o serviço de banco de dados.

4 Aplicativo gerando arquivos no formato excel ou csv Solicite contatando nossa área comercial: light@systax.com.br ou tel. (11) 3177-7707
5 Integração via webservices

Manual do WS Parametrização ERP

Manual WS Cadastro


Algumas observações sobre o fornecimento de regras:


a) Poderão ser fornecidas informações que entrarão em vigência futuramente, se contratado. Verifique se o seu ERP está preparado para operar com o controle de vigência das regras fiscais (regras futuras ou já expiradas).

b) A Systax pode em algumas situações tratar "agrupamentos de produtos", para redução do volume de regras e do valor da mensalidade, mas isso precisa ser alinhado comercialmente.

c) O cadastramento de itens novos pode ser submetido à revisão de Classificação Fiscal pela Systax (para correção da NCM e Ex_tipi adotados), porém isso depende de contratação adicional.

d) Conceitos envolvidos:

Cenário - combinação de variáveis que afetam a tributação. As principais variáveis são: operação, finalidade (para os casos de Entrada), UF de origem, UF de destino, perfil do remetente e perfil do destinatário.

Regra - conjunto de dados da tributação de ICMS (incluindo ST e Antecipação), IPI, PIS e COFINS, para o débito e, se for um cenário de Entrada, também para o crédito, para um único produto e em um único cenário. Ou seja, um Cenário contém N regras; e um produto pode gerar N regras, uma para cada cenário que contenha esse produto.



Alguns Detalhes sobre as formas mais usuais:


a) Cockpit WEB instalado na empresa:


É uma alternativa de grande valia para integrações com sistemas legados ou quando o cliente possui facilidade para desenvolver rotinas que acessem os dados da Systax diretamente em um banco de dados.

A principal vantagem é que o Cockpit já implementa as funcionalidades de comunicação (uso dos webservices), de apresentação e consulta para o usuário, interfaces de aprovação e rejeição de regras, etc. Deixando para o desenvolvimento interno apenas as tratativas de transformação das regras para o layout do sistema interno.

A Systax pode apoiar também construindo rotinas específicas de conversão, para que o cliente já recebe as regras em um layout similar ao de seu sistema interno, reduzindo ainda mais a complexidade e o tempo de desenvolvimento pela equipe interna.

Essa opção permite uma alta personalização com custos e esforço relativamente reduzidos para o cliente.

 

b) Integração via webservices:


A Systax adota padrão SOAP, com troca de mensagens em XML. Há um webservice para envio de informações sobre as mercadorias (para inclusão de itens novos ou alterados, p.ex.), um webservice apenas de consulta dos cenários disponíveis e o webservice principal - para carga das regras (carga completa inicial e cargas complementares para atualização).

A carga de regras irá realizar N requisições (cada requisição recupera um número limitado de regras, para evitar-se "timeout"), até concluir a leitura de todos os registros disponibilizados ao cliente. A entrega dos registros de regras obedece a seguinte ordem crescente: cenário / produto. As cargas de atualização (incrementais) dependem da indicação de um "ponteiro" (controle numérico sequencial) a ser mantido pelo cliente.